quinta-feira, 22 de abril de 2010

{Sem título e Sem Inspiração}



Eu estava me acostumando
A caminhar sozinha e não olhar para os lados
Eu estava quase certa
De que as estrelas não precisavam brilhar,
Eu já sabia andar no escuro

Não me importava mais
Que todas as cores do mar
Ficassem perdidas num dia nublado
Eu não queria saber que tempo fazia
Porque de qualquer forma eu ficaria bem.

Eu já estava acreditando
Que não fazia diferença estar com alguém
Porque eu já sabia cuidar de mim
E aprendi a ficar feliz com outras formas de amor.

Aos poucos fui descobrindo
Como apreciar cada pequeno momento de solidão
Fui aprendendo a valorizar
A beleza de conhecer a mim mesma

Com isso eu aprendi muito.
Foi longo e doloroso,
Mas eu finalmente descobri
Como e por onde andar

E então, Drummond que o diga,
Apareceu uma pedra no meio do caminho
E no meio do meu caminho
A pedra da mudança foi você.

Nenhum comentário:

Postar um comentário