quinta-feira, 18 de fevereiro de 2010

Você vai descobrir...




Alguns tópicos interessantes que descobri ao longo dos anos.


*Que amar, inevitavelmente, faz sofrer.
*Que tudo é muito mais complexo do que imaginamos, e
*Que só é complexo porque queremos, mesmo que o façamos sem-querer.
*Que amar exige mais paciência do que se imagina que um ser humano possa ter.
*Que é necessário esforço e prática para se adquirir paciência, e
*Que essa paciência pode se perder com três ou quatro frases injustas ou absurdas.
*Que perdoar quando se ama é tão inevitável que você poderia ser canonizado pelo tanto de perdões que já concedeu.
*Que amar é tão confuso e necessário que você acaba amando quem não devia.
*Que a falta que você sente de alguém pode não ser amor, mas sim sua necessidade de não ficar só, e
*Que nesses momentos de solidão, invariavelmente, escolhemos a pior pessoa para nos fazer companhia.
*Que traição nem sempre significa falta de amor, mas isso não importa porque ela dói do mesmo jeito.
*Que o coração sangra e chora, mesmo quando a face está serena, e
*Que isso exige tal esforço que acaba deixando marcas profundas.
*Que a dor que sentimos é mínima, até que ponham o dedo na ferida e ela sangre outra vez.
*Que à vezes acreditamos ser o mundo de alguém, justamente porque esse alguém é o nosso mundo, mas que a verdade sobre isso pode decepcionar.
*Que às vezes invadimos o mundo de alguém e mudamos seu espaço, mas que essa pessoa pode não aceitar mudanças.
*Que uma mudança nunca é certa e segura, por isso, se vamos mesmo mudar, temos que nos preparar para arcar com as conseqüências.
*Que amar é sinônimo de sair de si para morar no outro, mas que às vezes damos com a cara na porta.
*Que, como disse Renato Russo, “o pra sempre sempre acaba”, e isso acontece justamente quando acreditávamos que seria eterno.
*Que sonhar demais não vale a pena, porque sempre incluímos outras pessoas em nossos sonhos, e nem sempre elas estão dispostas a cooperar.
*Que não devemos acreditar demais em tudo que nos dizem, porque, inexplicavelmente, algumas pessoas sentem prazer em magoar os outros.
*Que a dor é passageira, mas a mágoa pode deixar marcas.
*Que assuntos mal-resolvidos voltam com mais intensidade e mais complicações que antes.
*Quem nem sempre aprendemos com a primeira queda.
*Que tem gente que continua caindo a vida inteira.
*Que, no fim, precisamos aprender a lidar com a dor, porque é justamente das pessoas que mais amamos que vêm as piores mágoas, e
*Que isso é normal e inevitável, porque nem sempre tudo é como a gente quer.
*Que devemos parar de sofrer com antecedência, porque, no fim, as coisas não são tão ruins quantos parecem.
*Que devemos encarar as decepções e as alegrias, porque, mesmo por caminhos diferentes, elas sempre nos ensinam algo.



Nenhum comentário:

Postar um comentário